Eu sei, eu sei

em
Que assim que começarem a ler o meu texto vão imediatamente pensar: "Arre, que esta gaja só se sabe queixar...daç!!!".
É verdade, estou aqui para manifestar a minha profunda revolta contra a porcaria da greve do Metro do Porto. Puta que os pariu. Eu sei que o direito à greve é um direito que nos assiste a todos, mas caramba...que raio é que eles querem, quando o serviço só tem 3 anos? Eu dava-lhes um conselho para reivindicarem: AULAS DE CONDUÇÃO DE METRO! Rais parta, os arranques e as paregens são do pior. Eu não acredito que o metro foi construido de forma a termos paragens e arranques completamente abruptos e com um solavanco que faz toda a gente ir aterrar em cima do passageiro que se encontra à nossa frente...Porra! O comboio tem o mesmo sistema e tem paragens e arranques suaves...eu acho que é mesmo porque quem os ensinou (o monitor, ou instrutor, ou o catano!) não sabia conduzir aquela merdonga e, inadvertidamente, criou monstros! Aprendam a conduzir essa bodega, ó bacanos!!!

Então é assim, ontem eu não fazia a mais pequena ideia que havia greve. Quando cheguei a General Torres, estava lá uma confusão de pessoal do caraças. Ok, pensei que devia haver alguma havaria na linha, pois às vezes acontece. Passado uns 8 minutos, passa um metro, mas vinha já tão cheio, mas tão cheio que apenas conseguiram introduzir-se umas 5 pessoas, isto com sorte. Ok, voltei eu a pensar...como deve haver avaria na linha, isto é normal. Tá a esperar mais 8 minutos, com um frio horroroso (a avenida da República em Gaia é muito ventosa, e o vento de ontem até cortava). Lá chega o próximo metro, outra vez tudo ensalsichado...mas a Blossom lá conseguiu entrar...Estive das 8:35 às 8:55 à espera que chegasse o metro...fantástico! Tudo bem, cheguei a horas, e perguntei à pseudo-chefe, que também vem de metro, se sabia o que se passava, mas ela não sabia.
Entretanto, passou o dia...não fiz nada de jeito porque estava lesionada com a azelhice de domingo e chegou as 18:10. Saí! Desloquei-me daqui até ao Marquês (2 minutos), desci as escadas, validei o andante, voltei a descer escadas e quando chego lá abaixo...tcharam...aquilo estava à pinha! Mas mesmo mesmo à pinha! Estive até às 18:55 à espera que passasse um metro onde pudesse entrar, e meus amigos, nunca andei tão apertada como no metro de ontem...SOCORRO, e eu que detesto contactos assim tão próximos...estava para morrer...a minha sorte é que sai na Trindade (duas paragens à frente). Claro que perdi o comboio das 18:55, apanhei o das 19:15, mesmo à justa, que também estava cheio de gente, e tive de ir de pé até Espinho...rais parta! Parece-me que a greve só atinge a linha amarela (D), pois quando cheguei à Trindade para apanhar o metro para Campanhã, não se passava nada! Logo, aqui a vossa amiga vai a pé até à Trindade (não é assim tão longe, e sempre faço um bocado de exercício) pois não tenho pachorra para estar tanto tempo à espera e ainda por cima ter de ir praticamente esmagada contra uma pessoa estranha (belharc!)
Não é justo!!! As pessoas pagam a porcaria dos bilhetes (que, diga-se, são bem caros para a qualidade de merda dos serviços) e os cabrões acham que podem fazer uma semana de greve, mas horas de ponta. Mas que raio!!!! Eu também preciso vir para o trabalhar...eu e aquela massa de gente!!!
Daç, daç, daç!!!

De resto, deitei-me super cedo, para recuperar as horas perdidas...dormi de tal forma que estou cheia de dores no pescoço de ter ficado sempre na mesma posição. Rais parta! Ah, acordei era quase uma da manhã porque o sr. Tobias achou que já era de manhã e quis ir para a cozinha...logo lixa-se!

E assim de repente, acho que não tenho mais nada para me queixar...mas se me lembrar de mais alguma coisa, eu venho cá!

Beijos e queijos


P.S: é verdade, já não me doí os dedos da mão direita, nem a queimadura...Tirando as marcas, nada me doí! Só os joelhos, quando carrego, mas as pisaduras demoram mais tempo a passar :|

14 comentários:

anovska disse...
terça-feira, abril 15, 2008 10:07:00 da manhã

bom dia minha linda.

eu cá, como utilizadora do metro, não respeito os maquinistas... todos temos direito à greve, certo, mas é ser FDP agendar as greves para todos os dias nas horas de ponta deixando os que não fazem greve nas estações à seca. Isto porque depois quando o metro chega à estação, mesmo com 2 carruagens está sempre tão cheio que não consegues entrar, e mais 30 minutos de espera para aprenderes...
Foi o que me aconteceu ontem que cheguei a casa à bela hora de 21.30 não é bom?
E quem tem horinhas para apanhar o comboio caso contrário tem mais 1 hjora de espera?

Não os respeito, pronto... São FDP faziam greve durante o dia que já não era pouco!!
Ah! e sexta feira a greve é para durar 24 horas. Que lindo...


Beijufas que hoje já é terça...

Vício disse...
terça-feira, abril 15, 2008 10:47:00 da manhã

o pior de tudo nos condutores do metro é quando eles decidem arriscar ultrapassagens!
muito perigoso mesmo!

Andreia do Flautim disse...
terça-feira, abril 15, 2008 11:00:00 da manhã

Eu também não gosto nada de ir em transportes publicos assim apertada. Antigamente quando ia pra o liceu de autocarro aquilo em dias de feira municipal era o caos!!

susana disse...
terça-feira, abril 15, 2008 11:34:00 da manhã

és um espectáculo!!!!!!!!

e não não sei muito bem para que servem a porcaria das labels...

Maria Ostra disse...
terça-feira, abril 15, 2008 11:43:00 da manhã

ahah! é assim em todos os transportes públicos, horrivel!
Aqui na minha terra, metro não temos, mas temos uns bus muita velhos que já vieram de outras paragens, ui! Muito cómodos e funcionais para pessoas de idade ou com dificuldade em mexerem-se: assim com 3 degraus bem altinhos e tal. Dia sim, dia não há sempre alguém que aterra. Muito divertido! ;P

Francis disse...
terça-feira, abril 15, 2008 12:00:00 da tarde

é a vida...
eu acho bem, fazer greves ou manifestações, ao fim de semana ou durante as férias, não tem gozo nem impacto.
e está na moda.

Cati disse...
terça-feira, abril 15, 2008 1:24:00 da tarde

Hi blossom babe!
Ainda bem que tens menos dores...
Quanto às greves, eu acho que as pessoas têm o direito de se manifestar... e incomodar o comum mortal que tem de estar a horas no trabalho faz parte da conceito de greve! Se eles fizessem greve fora das horas de ponta ninguém dava por eles... take it easy babe!

Beijocas grandes!

Blossom disse...
terça-feira, abril 15, 2008 2:22:00 da tarde

Anovska, nós, que sentimos na pele a greve, estamos a ser mal compreendidas quando nos insurgimos contra a greve. Haviam de estar à seca quase uma hora, e perder o comboio, e chegar a casa às depois das oito e meia, quando sairam do emprego às seis...deviam...deviam...

Vicio shiiiuuuu...que eles ainda lêm este blog e começam a tentar as ultrapassagens...daç!!!

Andreia, aqui o metro anda sempre entupido de estudantes...e é todos os dias!

Susana, obrigada, obrigada...vai um 'tógrafo? :D

Mary Ostra, taditos dos velhinhos...eu sei que degraus são esses :)

Francis e Cati, eu nunca disse que era contra as greves. Aliás, tendo um esquilo como professor...estou mais do que sensibilizada para a luta dos trabalhadores em formato greve. Mas fico chateada, pois claro que fico chateada, quando tenho de estar mais de 45 minutos à espera que passe um metro, ele passa, eu não consigo entrar porque vai com lotação esgotada e ainda por cima ir com o corpo prensado contra uns e outros...give me a break...porque não foram os senhores dos tócarros que fizeram greve? Esse eu até ficava solidária com eles que não ando de tócarro!

Eu quero um metro só para mim!!!!

KKBB

Paulo disse...
terça-feira, abril 15, 2008 3:08:00 da tarde

Arre, que esta gaja só se sabe queixar!!! :P

:D

Francis disse...
terça-feira, abril 15, 2008 4:49:00 da tarde

portanto, curtes as greves que deixem o esquilo prensado contra ti ?
outro tipo de greves já não curtes, é isso ?

Blossom disse...
terça-feira, abril 15, 2008 5:25:00 da tarde

Paulo é isso aí, né? Chata a gaja ;)

Francis, acertaste na mouche meu caro :D

O povo unido jamais será vencido!!!

Francis disse...
terça-feira, abril 15, 2008 5:38:00 da tarde

25 de abril sempre ?

Blossom disse...
quarta-feira, abril 16, 2008 9:10:00 da manhã

claro!!!! é feriado e tudo :D

Capitão Merda disse...
quarta-feira, abril 16, 2008 11:21:00 da manhã

Por que não chamaste o Valentim Loureiro para conduzir o metro?

eXTReMe Tracker