A escola

em
O meu menino vai começar a ter aulinhas ao sábado, da parte da tarde, sendo que inicialmente será apenas aulas de socialização/interacção com outros cães. Já lá foi no sábado passado [e não ontem]. Foi mais bonito que feio. Este animal que se encontra na foto ao lado era, na boa, o maior que lá estava, mas como é novito e nunca tinha convivido com outros cães...esteve o tempo todo ao pé de mim e do Esquilo, cheio de medo e com o rabo entre as pernas. Andava lá um pequenito caniche que era uma máquina de "afiar o lápis"...em tudo o que se mexesse...e tivesse quatro patas...raça do cão! Após algumas horas, este larilas já não tinha medo do pequenito fodilhão e andava atrás dele [porque ele tinha o tamanho aproximado de um dos gatos cá de casa, pelo que o Bóris olhava para ele e devia pensar que era um gato estranho eheheh].
Vai ter um par de meses de sessões de socialização, e só depois entrará no treino de obediência propriamente dito [como ainda é munto piqueno, o responsável diz que ele ainda é novo para iniciar o treino]. Temos a oferta de o deixar internado [sendo que o treino é mais eficaz e mais rápido, mas eu não tenho coragem de o deixar sozinho, fechado numa box de cimento, sem me ver - coisa que ele está habituado a fazer praticamente todos os dias desde que se mudou cá para casa, tinha um mês de vida] ou fazer o treino durante a semana, comigo a ir às aulas alguns dias por semana...hum...por um lado acho que o melhor era deixa-lo lá, mas como já disse, não tenho coragem. Ele é um cão de casa [está repimpado em cima da minha cama, enquanto eu andava nas limpezas], raramente está sozinho [há sempre alguém em casa, a qualquer hora] pelo que não o posso traumatizar desta forma.
E acreditem quando vos digo que meter o canito na escola é uma tarefa que nos fica bem carinha, porra!!! Mas vai valer a pena. Aliás, já valeu a pena, porque ele encontrou lá uma irmã dele, a Luna. Os donos dela começaram a olhar para o focinho do Boris e vieram perguntar-nos onde o tínhamos comprado...porque ele é a cara do pai, o Eros...ela é uma fofura...bastante mais pequena que o Boris [para já, porque é cadela, depois porque o cachorro que escolhemos era o mais cabeçudo, logo, o maior da ninhada], mas o anormalóide até dela tinha medo! Cagão...
Depois tiro fotos da próxima vez. Sai de lá num triste estado enlameado, de tal forma que as minhas calças de ganga ficaram impraticáveis, pois já foram lavar duas vezes e as manchas de lama não sairam...fuck!

Hasta la rasta...babe!!!!

8 comentários:

Cati disse...
domingo, fevereiro 08, 2009 11:31:00 da tarde

Quando um dia tiveres um filho vai ser mesmo giro!!!
É muito engraçado o carinho que demonstras para com este cão - é um sortudo!

Um beijo grande e boa semana*

anovska disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 11:03:00 da manhã

Já sabes, da próxima vez que o Boris tiver aulita tens de ir de fato impermeavel, tipo aquele dos pescadores e de galochas :)

Estarei off por tempo indeterminado, mas continuarei a vir cá every day.

KK

Andreia do Flautim disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 11:25:00 da manhã

O meu cão tb é um cagão...
A unica coisa que me obedece é sentar-se quando o mando e dar-me a patinha que eu lhe pedir.

Capitão Merda disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 12:01:00 da tarde

Socializar o Boris?
Mas tu não gostas dele?!

nutmeg disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 2:01:00 da tarde

Tem um ar tão fofinho!!

vício disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 4:46:00 da tarde

acho que fazes bem em mete-lo na escola porque essa raça de cães é considerada das mais inteligentes e se for bem treinado é espectacular!

há vaga para um vizinho meu aprender a socializar também?

Lu.a disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 10:20:00 da tarde

Tão liiindo...! :)

Casemiro dos Plásticos disse...
segunda-feira, fevereiro 09, 2009 11:09:00 da tarde

ai um cão tão panisguinhas ahahahah
beijo

eXTReMe Tracker