E foi assim...

em
Bom dia, pessoal. Estou cheia de sono. Dormi pouco e mal, porque estava mesmo muito calor e porque estamos em Agosto, o mês das festarolas na aldeia. E, como eu sou uma moçoila da aldeia, e ao bom estilo português, em Agosto há a festança lá da capela da rua... (sim, porque cada capelita tem a sua respectiva festarola, mas a única que verdadeiramente me incomoda é esta, porque é a 500 metros de casa). Os raios dos conjuntos magníficos que vão ganhando uns euros com as actuações fabulásticas que fazem por esses arraiais fora, cada vez mais optam por barulho do que por música, e o raça das colunas vão sempre aumentando a potência, sendo que até estremecem as janelas. Isto até às 2 horas da manhã...na sexta, no sábado e no domingo. (ainda bem que já desistiram com a rubrica da licitação das oferendas, que primava por ser uma barulheira incrivel, e que durava e durava e durava, até que o puobo começava a desmoilizar por já não conseguir aturar o tipo que achava que tinha mesmo jeito para aquilo, isto costumava acontecer ao domingo à noite, 5 minutos antes da meia - noite, hora do fogo de artificio, e prolongava-se durante o fogo (sendo que as pessoas estavam a olhar para o fogo e não para ele, a porra do homem não havia maneira de se calar) e depois do fogo, depois, depois, depois...)Irra, é logo três dias de cada vez! Bem, pelo menos, como estão proibídos os foguetes, não acordei às 7 da matina ontem, com a descarga dos tradicionais 21 morteiros, nem com a banda de música, um pouquito mais tarde, a fazer um chinfrim dos infernos pela rua acima...mas assim que a música (sim, porque há música desde as 9 da manhã até ao ínicio da festa, às 22:00) começou...dormir que é bom??? Tá quieto! Que raiva!!!
Não tenho nada contra os arraias, mas porra, podia ser de sábado para domingo, sendo que não seria NUNCA permitido ligar os altifalantes a berrar música ligeira portuguesa às 9:00 da manhã...

Saldo deste fim de semana: não fiz a ponta de um corno, estive o domingo todo de papo para o ar, para o lado e também para baixo, na minha sala, a dormitar a tarde toda...com a musicol de fundo e o calor abrasador...

Hoje cheguei à Imbicta, que continua envolta num espesso manto de fumo negro...o sol praticamente nem se vê...e quando aparece, tem uma col alaranjada...Ah, está a chover fagulhas ou faúlhas, conforme o regionalismo de quem está a ler (lá prós meus lados é mesmo fragolas)... It's gonna be a hell of a day...

7 comentários:

susana disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 12:06:00 da tarde

aiiii as belas festarolas de aldeia... nada como acordar com morteiros e grupos de zés pereiras quando te deitaste há uns minutitos, nada como ouvir música re-pimba de manhã à noite, nada como ouvir falar mais franciú do que propriamente português (pelo menos na minha zona), os altifalantes ligados todo o dia (aqui pomposamente chamados de "animação de rua"),... estas festas são o máximo! Boa semana ;)

lu.a disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 12:56:00 da tarde

Essas festarolas são a minha noção de tortura!!
Estou solidária contigo linda,
coragem para o resto do dia de trabalho!

E a Imbicta hoje cheira a queimado como o caraças!!

Tia Cremilde disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 1:29:00 da tarde

hummm que fim de semana giro ;)... já deu para ver que seguiste o meu conselho e não fizeste nada que eu não tenha feito.
já experiemntaste beber um cafézito hoje? só para arrebitar?
boa semana! beijocas da tia!

Onil disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 2:15:00 da tarde

é caso para dizer: «há quem tenha sorte... mas tu abusas» ironicamente falando! já pensas-te em cortar, assim como quem não quer a cisa os fios das colunas...oohhhh...ía ser chato ;P

ME disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 2:17:00 da tarde

Bota hell os a day nisso.... fonixxxxxx!!!!!!!!!!

Aragana disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 4:15:00 da tarde

Sabes oq ue te digo - MALVADOS INCENDIARIOS! Deviam de lhe ardem os TOMATES!

Prontus.. já passou...

QUanto às festarolas - adoro (tirando a musiquinha mas faz parte né?) e de comer uns coiratos com umas bejecas e de apostar no porco da india e ver as largadas e... ok já passou...

...eu é mais toiros... tu sabi...

Nunovsky disse...
segunda-feira, agosto 07, 2006 5:59:00 da tarde

Como eu te compreendo :|

As pragas que eu rogo quando me acordam às 7 da manhã com foguetórios! Que raiva!

Boa semana, beijos

eXTReMe Tracker